Novidades

Microcamp realiza palestra sobre Aids nesta sexta

Microcamp realiza palestra sobre Aids nesta sexta

30 nov 2017
Na próxima sexta-feira, 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, a Microcamp vai realizar uma palestra sobre o tema. A finalidade é levar informação sobre a doença aos funcionários e alunos da rede e também diminuir o preconceito. A palestra acontece às 9h30 na sede da empresa, em Campinas, com transmissão ao vivo para todas as unidades Microcamp em todo o Brasil. O palestrante será Roberto Geraldo da Silva (Robertinho) fundador e presidente da Associação de Apoio a Portadores de Aids Esperança e Vida, entidade sem fins lucrativos, localizada em Campinas, que desenvolve projetos de reabilitação e reinserção familiar e social, para 400 famílias com HIV/AIDS e Dependência Química, excluídas socialmente, sendo 80 em regime interno e o restante em regime domiciliar, com seus familiares. Sobre a Aids O Dia Mundial de Combate à Aids é comemorado em 1º de dezembro. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde e é celebrada anualmente desde 1988 no Brasil, um ano após a Assembleia Mundial de Saúde que fixou a data de comemoração. A Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, geralmente por contato sexual desprotegido com pessoa contaminada, mas pode ser também transmitida por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes. Diferentemente do que muitos pensam, ser HIV positivo não é o mesmo que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. https://t.dynad.net/pc/?dc=5550003218;ord=1511977920572 A Aids é uma doença que não mata por si só. Por causar um grande impacto no sistema imunológico, o paciente fica sujeito a doenças oportunistas, como a pneumonia, que surgem no organismo nesse momento de fraqueza. Assim sendo, não se morre de Aids, morre-se das complicações geradas pelas doenças oportunistas. A Aids, até o momento, é uma doença que não possui cura, portanto, é necessária uma proteção eficiente contra ela. Ao criar um Dia Mundial de Combate à Aids, o objetivo era chamar a atenção sobre esse problema, desde sua prevenção até seu tratamento, e acabar com o preconceito.